Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Uma pequena observação inocente...

Porque raio quando pago um café e entrego as moedas ou a nota na mão da pessoa do outro lado do balcão, levo com o troco mandado para cima do mesmo balcão como se fosse merda???

Pá, quando as pessoas me estendem a mão para me cumprimentar não tenho o hábito de lhes enfiar um punho pelas narinas, logo este tipo de atitude para mim é das coisas mais absurdas que já vi...

É vulgar?Infelizmente sim...

Tenho de me sujeitar a isso?Hell, no...

Se fosse um gajo condescendente, até estaria aqui a fazer um mea culpa à menina que me serviu o café hoje de tarde e que tão gentilmente arremessou o meu troco pelo balcão fora ao ponto do mesmo, não ter permanecido no balcão mas ter caído para o chão...Se fosse um cidadão exemplar, certamente teria apanhado o meu troco, metido o rabinho entre as pernas e ido embora...Ao invés disso, como sou uma grandessíssima besta (thank you mummy, for teaching me not to take crap from anyone...) o troco voou de volta à proveniência, enquanto eu permanecia com o meu million dollar smile à espera que o mesmo me fosse colocado de onde ele saiu in the first place...

Said it once, say it again...Não gosto de pitas armadas ao pingarelho...Mas se necessário, não tenho problema algum em dar a provar algum do próprio veneno...

PS - E não é que o troco me veio parar às mãos, like magic???

 

3 grandes dúvidas existenciais...

Após inúmeros emails recebidos ontem a avisar-me que o blog havia sido invadido por hackers sentimentalistas, eis que voltamos hoje ao formato habitual...

 Hoje, apetece-me abordar as 3 grandes dúvidas existenciais que me assolaram esta semana...

- Secretos ou Plumas?Sim, estou a falar de porco preto...É uma grande porra um tipo estar com um jarro de tinto à frente e uma cesta de pão, pronto para ver os jogos da Liga dos Campeões e de repente, ser confrontado com esta questão de vida ou morte na ementa...Bem, a verdade é que marcharam ambos numa grelhada mista de fazer chorar as varas de porcos deste país (e não, por acaso não me estou a referir ao Armando...Esse, se tivesse vergonha, nem sequer tinha entrado para os quadros da CGD quando saiu do governo...)...

- Gel ou cera???Nem uma, nem outra...Digamos que o meu cabelo já tem uma personalidade muito própria, mas quando sai do banho a coisa assemelha-se a algo entre o Dragon Ball, o Naruto ou um tipo que decidiu ir fazer torradas dentro de um banho de imersão e saiu lá de dentro tostadinho (possivelmente, pela mão dos gajos do instituto de medicina legal...)...Por isso, nem um nem outro...

- Estupidez ou lucidez???Epá, serei só eu que quando ouço o anúncio do Banif com o Rui Veloso, surge-me uma versão alternativa a martelar-me a cabeça???

"Um dia, ainda vou curtir numas discotecas africanas e seguir até casa aquelas duas taradas...Ainda vou gamar automóveis e apanhar mocas com bolas de naftalina...Um dia ainda vou plantar gerânios e enfiar-me de barco no Rio Sul (piada dedicada ao pessoal da Margem Sul...)..."

Tirem as vossas conclusões...

 

Beauty is everywhere...

Existe uma estrada que percorri ontem, que não leva a nenhum destino relevante...Uma no meio de tantas outras...

Passei aqui meses atrás...Nada me chamou a atenção, nada me captou o olhar...Ontem, algo mudou...

O verde das folhas no seu apogeu deu lugar aos dourados das mesmas na berma da estrada...Uma tela de cores que esvoaçava à passagem do meu carro, que teimava em repousar no exacto sítio de onde havia ganhado asas momentos antes...

Recordei vinhas a perder de vista que meses antes se encontravam pujantes com os seus cachos a balouçar ao sabor de uma brisa quente...Ontem, tudo o que vi foi um manto castanho claro que se fundia com o horizonte num daqueles momentos de rara beleza que me irão ficar sempre na mente...A estrada, rodeada de árvores que se tocavam bem lá no alto de ambos os lados, parecia não ter fim e por momentos, desejei mesmo que não tivesse...Foi daqueles momentos cinematográficos que julgamos nunca ter o privilégio de assistir in loco...

A estrada?

Fica no troço de Alandroal a caminho de Monsaraz...Talvez os 2 km de beleza visual que mais me surpreenderam nos últimos anos...

É tudo encavalitado umas em cima das outras...

Já consegui a vossa atenção com este título deveras sugestivo???

Maravilha...

Deixem-me então abordar o maravilhoso mundo das fichas triplas (aqui está o maior anti clímax da história...)...

Homem que é homem (ou felino, no meu caso) gosta de fichas triplas...Gosta de numa tomada, conseguir ligar a televisão, o leitor de DVD e a box do MEO...Homem que é homem destemido, gosta de ligar fichas triplas a outras fichas triplas...Dessa forma, consegue ligar à mesma tomada, o carregador do telemóvel, um lava lamp e a Playstation...Homem que é homem completamente passado dos cornos e descura a toma da sua medicação,comer os biscoitos do cão e lamber as pastilhas da máquina de lavar louça, gosta de ligar 5 fichas triplas umas às outras...Não só porque estéticamente fica bem catita, mas porque com tanta trampa ligada a uma tomada, se necessário daria para carregar as baterias da sonda Voyager, mandar SMS para a estação MIR (se ainda estivesse em órbita) e carregar uma stun gun com o nome do Zezé Camarinha lá gravado...Tudo isto ao mesmo tempo...Isto para dizer que da última vez que olhei para a tomada que liga os electrodomésticos da sala, apraz-me dizer que não via tamanha orgia desde que vi um filme que envolvia o parlamento chinês, 4 cavalos, o cinzeiro do Sousa Tavares e as 5 edições do Salão Erótico em Portugal...Chiça...

I give up...Vou cortar os fios todos aos electrodomésticos e comprar daquelas extensões de 20 tomadas...E mesmo assim não sei...

Sniff it and squeeze it...

Sempre me fez alguma confusão aqueles homens no supermercado que antes de comprar a fruta se colocam a cheirar a mesma...Pá, digamos que não é a imagem mais bonita ter um gajo qualquer a snifar uma tangerina como se aquilo fosse uma linha de cocaína...

Os efeitos secundários?

Começarem a ver hipopótamos cor de rosa chamadas Popotas a dançar kuduro...Quando a começarem a ver no Sarabanda, aí sim comprova-se que a happy hippo mudou de carreira...

Mas há quem leve isto de snifar a fruta ao extremo...É malta que snifa cachos de bananas inteiros (o potássio deve bater bué...), laranjas espanholas (deve cheirar a tapas...Um tapinha aqui, um tapinha ali...), pêras (eu se fosse uma pêra, queria lá alguém a snifar-me...Dava era uma pêra ao gajo...) e até (pasme-se...) melancias...Bem, a coisa mais estranha que vi um homem a snifar num supermercado foi uma alface embalada em plástico...Eu sei que há gajos viciados em plástico, mas esses costumam ser guerrilheiros do 3º mundo e o plástico é denominado por C4...E nunca vi alfaces explosivas (será que também existem ambientalistas islâmicos???).

Outra coisa interessante, é o ar altamente compenetrado com que os homens snifam a fruta...Quase que por momentos, parece que eles estão à beira da descoberta da nova fragrância da Chanel saída de uma meloa...Enfim...

Falando em meloas (não, nada de piadas mamárias...Damn...Did it again...), outra coisa interessante é o hábito muito masculino de apalpar toda e qualquer espécie de fruta em busca da melhor qualidade...Lamento informar, mas não tenho o dom do toque frutícola...Possivelmente, porque não estagiei com o Pinto da Costa, senão aí seria o craque tuga da fruta (e não sou árbitro...)...Aliás, questiono-me até que ponto um gajo deve apertar uma meloa até achar que ela está no ponto antes de a esmagar e mil bocados e ficar com ela na mão...

Penso também se este tipo de atitude será válida também para outras secções do supermercado, como a peixaria...

No caso da peixaria, deve ser lixado apertar uma dourada sem que a dita ande a fugir das nossas mãos ou uma solha sem nos arriscarmos a levar uma da peixeira no focinho por andar a meter as manápulas no material (o peixe, meus amigos, não o material da peixeira...).

55 mil visitas...

420 posts...

5314 comentários...

MIlhares de cigarros fumados...

Dezenas de isqueiros vazios na secretária...

O portátil do Sousa Tavares a fazer de cinzeiro...

Centenas de neurónios que cometeram suicídio...

MIlhares de megas de pornografia que me chegam via email...

Vodka limão em quantidades suficientes para incendiar uma pequena localidade na Birmânia...

 

Tudo isto para quê?

 

Este blog comemora 55 mil visitas (Ok, já vai nas 56 mil e uns trocos...Não sejam picuínhas...)...

Qual o significado dessas 55 mil visitas?

Sinceramente, não sei bem...Olhei para o contador de visitas e como não tinha tópico para abordar hoje, achei que uma massagem ao ego me faria bem...

No entanto, quero ressalvar alguns pontos que me parecem pertinentes...

 

- 55 mil visitas é muita visita...Muda em alguma coisa a minha forma de estar?Não...Mais irascível e insuportável do que já sou, torna-se complicado...São merecidas?Vocês lá sabem...Se há coisa que não sou é pedinchas por destaques, traficante de influências ou choramingas de holofotes...Se este número redondinho foi alcançado, deve-se unicamente ao facto de diariamente este blog ter uma média de 100 corajosos visitantes que teimam em arriscar a sua débil saúde mental para saber as novidades de uma mente pejada de humor negro e brejeiro...

- Não agrado a todos aqueles que aqui metem os pés...Epá, ainda bem...Porra, por momentos fiquei preocupado...Já estava quase a engolir a cápsula de cianeto...O facto de não agradar a todos é um enorme motivo de orgulho...Significa que não faço fretes, escrevo unicamente o que me dá na real gana e que me dá um enorme prazer...

- Já me disseram que o blog não é apelativo à vista...Pois, possivelmente até muitos de vocês concordarão...Pessoalmente, como diz uma grande amiga, less is more...No entanto, se algum dia alguém tiver sugestões gráficas, aceito-as de bom grado...Pago em géneros alimentares, como rissóis de leitão ou francesinhas...

- Last, but not least...Um agradecimento à equipa do SAPO...Apesar de não ser um utilizador muito chato (poucas foram as vezes que os questionei sobre alguma coisa), o meu feitio permite-me dizer que outra plataforma já me tinha corrido a pontapé faz tempo...Obrigado pela paciência, o desperdício de espaço que vocês permitem que o meu blog ocupa aqui no burgo e a utilização do meu vernáculo variado...

 

E agora?Mais 55 mil?

Bem, why not?

Vou apontar para as 60 mil até ao final do ano, just for the fun of it...

Se eu as alcançar?Epá, vou apanhar uma cadela de todo o tamanho no final do ano e vou dançar a lambada todo nú em frente da Câmara Municipal de VIla Franca de Xira...Se não as alcançar???Ui, vou ficar tão tristinho que vou apanhar a cadela na mesma mas se calhar fico-me por dançar kizomba com uma tanga da Hello Kitty numa estação de serviço qualquer...

E agora, uma pausa para compromissos publicitários...Ou não...

Já muito se falou sobre a nova publicidade do Pingo Doce...

Ou é a voz da mulher que é boa para quebrar vidraças, ou o facto da publicidade demorar uma eternidade que podia aproveitar para ir ali roubar o BES da esquina e voltar, ou o gajo que aparece por último ter cara de Pai Natal on speeds (sim, aquele olhar de possuído, barbas brancas e cabelo semi preto pintado com graxa Búfalo não engana ninguém...)...

Tenho a dizer que ultimamente vejo tão pouca televisão que ainda não tinha analisado bem o anúncio...Depois de o observar, tenho a dizer que fiquei na mesma porque senti uma necessidade urgente de ir fazer uma lobotomia a seco ainda a senhora ia na parte da canção que dizia que o mundo roda (sim, as primeiras três sílabas...)...

Mas vocês conhecem-me...Eu até nem sou má pessoa por isso não venho aqui cascar nem na música nem na senhora (principalmente, porque acho que as primeiras 9 linhas deste post já chegam...)...No entanto, quero mencionar o meu profundo receio de ir fazer compras ao Pingo Doce...É que não sei se já repararam mas as fardas do pessoal que lá trabalha são bastante parecidas com as fardas dos meninos da EMEL...Claro está, não estou para um dia destes ir buscar danoninhos e quando chegar ao carro das compras ter lá um pilantra com ar de mânfia a passar-me uma multa porque não tirei ticket...

- Ó amigo, que é que vocês está a fazer???

- Estou a multá-lo...O senhor não tem ticket válido de estacionamento...

- Ticket...E onde é que está a máquina para eu tirar senhas, ó sua abecla???

- Junto das senhas para os frangos assados...

Pior mesmo que isto, só aqueles que para escapar à multa dizem que deixaram os quatros piscas (sim, os carrinhos de compras do Pingo Doce são altamente tecnológicos...) ligados porque foram buscar os filhos à secção dos congelados...É um pouco a versão original dos gajos que vão buscar os putos aos colégios e ocupam 20 faixas de rodagem e quem estiver atrás que vá bater uma sarapitola enquanto espera...

Pingo Doce?

Nah...Ainda se fosse Pinga...

Testes...

Nunca gostei muito de testes...

Já na primária, quando a professora me perguntava quanto era 2+2, eu resmungava porque achava mal ser confrontado com testes surpresa em tão tenra idade...

Depois, com o avançar da idade, fui confrontado com os testes psicotécnicos...Apesar de serem testes de escolha múltipla, recusei fazê-los porque achava que as minhas cruzes podiam ser mais perfeitinhas, e sabia lá eu se aquilo não contava para 30% da nota final...

Mas pior que os anteriores, foi aquele a que a GNR que quis submeter...Quer dizer, um tipo já não está na posse das suas faculdades motoras (apesar de estar ao volante de um carro, que tirando salvas excepções, tem um motor debaixo do capot...) e ainda querem obrigar um gajo a ter um teste ali no meio da estrada, ao frio, a cambalear, a rir que nem uma hiena e com uma garrafa de Tuborg Strong Beer na mão?

Tá mal...Não havia condições...

- O Sr. condutor vai fazer o teste (do balão) ou não? - dizia ele...

- Se contesto???Claro que contesto, olha que porra... - replicava eu...

- O Sr. está a contestar a minha autoridade???

- Testar a sua virilidade???Epá, para isso vá ali ao gajo do carro de trás, que esse é que andou a dançar Village People e a cantar Barbara Streisand dentro do bar...

- O Sr. está a sugerir que eu sou gay?

- Um nota de cem???Porra, os subornos já chegaram a tanto???Vocês tratam-se bem...

 

Sério...Não gosto mesmo nada de testes...Nunca me correram de feição...

Forever young, they want to be forever young...

Sim, caros leitores...O título deste post é plagiado à descarada da música dos Alphaville...

Porquê?

Pá, primeiro e mais importante, porque me apetece...Depois, porque após profunda reflexão, continua a apetecer-me, vá-se lá saber porquê...Devo estar num daqueles dias de fluxo abundante...

Bem, a verdade é que o título deste post tem a ver um pouco com algo que tenho vindo a observar...Reparo ultimamente que as meninas dos seus 20 e poucos com quem me cruzo actualmente vestem-se de uma forma menos abandalhada (será motivos profissionais?), ao ponto de até tentarem combinar cores, malas e sapatos...Até aqui, a coisa não é extraordinária...Também tenho a tendência de ter um isqueiro da cor do maço de tabaco que fumo, e não é por isso que vou ser convidado para a Moda Lisboa...O contra senso é que ao mesmo tempo que as meninas dos seus 20 e poucos se aprumam, observo também meninas dos seus 40 aninhos que se vestem como se tivessem 18 aninhos...Calças de cintura descaída que não andam sequer perto da cintura (sim, existe uma zona de Lisboa chamada Rêgo, e não vou fazer qualquer piada porca sobre isso...Ops...Já fiz...), botins com saltos que fazem lembrar as gruas da construção civil ou andar com 3 ou quatro colares ao pescoço que me fazem lembrar aquela tribo africana que espetam 300 anéis no pescoço porque quantos mais anéis, mais bonita a mulher é aos olhos dos homens...

Ora, deixem-me lá dissecar isto...

Cada um veste o que quer...Esse é um ponto assente...Agora daí a  não ter espelhos em casa parece-me distracção porque o Leroy & Merlin tem artigos de casa de banho em promoção até ao Natal...

Digam lá a verdade...Nos vossos locais de trabalho, no vosso prédio, ou no caminho que vocês fazem de casa para o trabalho ou vice versa, nunca se cruzaram com estes espécimes que vos leva a pensar por breves instantes "Não tomes a medicação, não...".

Existe uma designação para estas pessoas...Fashion Addicts...O único problema é que a Bershka talvez não tenha números acima do 10, ou seja, para raparigas que não têm cú, não têm mamas, não têm barriga, enfim...Adolescentes que são tábuas de passar a ferro ou pranchas de surf (cera não incluída...)...

Sério...Eu sei que é muito cool andar na moda, vestir as calcinhas rasgadas da moda, ter a tanguinha toda à vista da moda, os tops que não tapam rigorosamente nada da moda (e cuidado com o frio...O frio tende a estimular...), as plataformas de 10 cm da moda e usarem mais pintura na cara que os prédios coloridos dos bairros sociais...

Se calhar sou só eu, mas quando essas senhoras passam na rua lembro-me da célebre expressão "less is more"...Não era preciso era levar a coisa tão à letra...Less roupa não é more bom gosto...Longe disso...

Pior que isto, só mesmo aquelas abeclas de homens que ainda acreditam que as mulheres quando se aprumam ( ou nestes casos, caminham semi nuas pela rua...E antenção, caminhar é uma metáfora, porque com saltos de 10cm é equiibrismo... ) é para agradar aos homens...Ai, santinha ingenuidade...As mulheres vestem-se para as outras mulheres...Não, não quero com isto dizer que há uma lésbica dentro de cada mulher...As mulheres vestem-se para fazer pirraça às outras mulheres...Há um desejo oculto (e vai daí, talvez não tão oculto assim...) dentro de cada mulher em arrasar psicologicamente as outras mulheres do burgo...Ou é aquela mala toda janota que compraram que sabem que a gaja lá do escritório anda a namorar vai para 1 ano ou aquele fato lindíssimo que a outra gaja nunca comprou porque sabia que não ia caber dentro dele...

As mulheres e a roupa...Um dos maiores mistérios da humanidade...Mais facilmente se descobre como fugir ao eixo gravitacional da Terra...

Consultório do Dr. Cat volta à carga...

O Dr. Cat voltou para alegrar o vosso início de fim de semana...

Já lá vai tanto tempo que não abro a rubrica "Doutor, preciso de ajuda" que os mails têm andado a ganhar pó...

Eis as questões mais pertinentes dos últimos tempos endereçadas ao sexólogo mais odiado da blogosfera...

 

- Dr. Cat, o meu pénis tem uma curvatura notória à esquerda...O que fazer?

- Bem, a minha sugestão é tornar-se simpatizante ou do PCP ou do Bloco...Uns, têm as barracas das bifanas na festa do Avante...Os outros, aparentemente têm da melhor canabbis que por aí anda no mercado...Basta olhar para o olhar esga(n)ziado do Louçã...

 

- Caríssimo Dr. Cat, adoro a sua rubrica...A minha dúvida é a seguinte...Tenho um peito 34 e quero aumentá-lo para um tamanho 42...O que acha?

- Bem, a época balnear já terminou por isso a utilização de bóias dispensam-se por agora...Se for fumadora, recomendo cautela com as beatas senão ainda vê uma das suas mamas a fazer a travessia do Atlântico...

 

- Dr. Cat, acha que todas as posições do Kama Sutra são realmente possíveis?

- Excelente questão...Passe por cá pelo consultório e traga o livro...E se possível, faça uns alongamentos antes para evitar possíveis lesões...

 

- Dr. Cat, a minha mulher não geme durante o acto...O que fazer?

- Uma boa ideia é tentar dar-lhe prazer em vez de estar a ler o Diário Económico...Acredito que ela gostaria de ver outras coisas subirem que não o preço do Brent...

 

- Dr. Cat, comprei um vibrador à pouco tempo mas o meu marido sente-se algo ameaçado por ter o meu brinquedo na cama quando fazemos amor...O que fazer?

- Meta um açaime ao vibrador...Sabe-se lá se o vibrador não dá uma trinca ao seu marido quando o apanhar a jeito por trás...

 

- Dr. Cat, a minha mulher fica lixada comigo porque ao atingir o orgasmo grito mais alto que ela...Alguma solução?

- SIm...Feche a porra da matraca...A única altura em que um homem está autorizado a berrar mais alto que elas é a comemorar os golos da sua equipa de futebol preferida...

 

- Caro Dr. Cat, o meu marido tem um pénis muito grande e magoa-me na penetração...Como chamar-lhe a atenção para esse facto?

- Simples...Diga-lhe que vai tirar o varão do cortinado do quarto e enfiá-lo pelo recto dele acima...Vai ver que mediante o ar de pânico dele, as coisas nunca mais serão as mesmas no que diz respeito a penetração...

 

Bom fim de semana!!!

Pág. 1/3

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Novembro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D